SEXTA-FEIRA, 21 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 17:10

Privatização à vista no Pará

Compartilhe:

 

BLOG9999999O assunto, claro, ficou de fora da campanha eleitoral, mas o governador reeleito do Pará, Simão Jatene (foto), está decidido a privatizar a Cosanpa. A companhia de saneamento é um pote até aqui de prejuízos.

 

 



SEXTA-FEIRA, 21 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 16:37

Pré-ministra da Agricultura

Compartilhe:

 

blog8888888A senadora Kátia Abreu (foto) não perde tempo. Candidata ao Ministério da Agricultura, já tem uma lista com três nomes para o lugar de Maurício Lopes na presidência da Embrapa.

 

 



SEXTA-FEIRA, 21 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 15:17

Família Fasano perde espaço no comando de seus negócios III

Compartilhe:

 

blog777777A família Fasano paga até hoje pelo plano de expansão do grupo deflagrado no início dos anos 2000, que incluiu a abertura de novos restaurantes, hotéis, cafés e até de um bufê, hoje a cargo de Andrea Fasano (foto). Em 2003, o Fasano quase foi à falência. A entrada de Abílio e João Paulo Diniz no negócio manteve a cozinha aberta. A parceria, no entanto, durou pouco. Os Diniz deram lugar a José Auriemo. Era o recomeço do Fasano. Ou o começo do fim, dizem algumas línguas ferinas. Um fim bem remunerado, é verdade.

 

 



SEXTA-FEIRA, 21 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 14:59

Família Fasano perde espaço no comando de seus negócios II

Compartilhe:

 

blog66666Aos poucos, José Auriemo (foto) tem avançado no negócio. O movimento mais agudo ocorreu em junho deste ano, quando a Hotel Marco incorporou os 13 restaurantes da família e adquiriu o direito de usar a marca Fasano em qualquer atividade econômica. Ou seja: na prática, os Fasano deixaram de ser donos de seu mítico sobrenome. A cada anel que Rogério Fasano e seus irmãos foram entregando a José Auriemo ao longo destes anos, o motivo foi quase sempre o mesmo: o pagamento de dívidas. Parte expressiva dos R$ 53 milhões desembolsados por Auriemo em junho deste ano foi usada pelos Fasano para a quitação de passivos de seus restaurantes e dos três hotéis ainda controlados pela família.

 

 

 



SEXTA-FEIRA, 21 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 14:33

Família Fasano perde espaço no comando de seus negócios I

Compartilhe:

blog5555O Fasano é cada vez menos Fasano. O famoso sobrenome, sinônimo de requinte, luxo e alta gastronomia, ainda vai acabar se tornando apenas um prato da boa lembrança nas paredes dos restaurantes e hotéis da grife. Por meio da JHSF, o empresário José Auriemo estaria negociando a compra de mais uma fatia do capital da Hotel Marco. Trata-se da holding onde estão pendurados o Hotel Fasano de São Paulo e 13 restaurantes fundados pela família - a empresa é responsável ainda pela operação dos hotéis do Rio de Janeiro, Punta del Este e Sorocaba (SP). De acordo com uma fonte próxima a Auriemo, sua participação no negócio deverá avançar de 65% para 80%. Com isso, os Fasano iriam de vez para um quartinho dos fundos: o quinhão pertencente a Rogério e seus irmãos Fabrizio e Andrea cairia de 35% para 20%. Perguntado sobre a negociação, o Fasano disse que "não divulga este tipo de informação". A JHSF, por sua vez, não quis se pronunciar.

 

 

 



SEXTA-FEIRA, 21 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 12:16

Operação Alfa

Compartilhe:

 

BLOG04444O Grupo Alfa, do banqueiro Aloysio Faria (foto), estaria preparando a venda de uma série de ativos imobiliários. O pacote seria composto por prédios, salas comerciais e propriedades agrícolas. O RR ouviu algumas explicações para a operação, mas prefere não acreditar em nenhuma.

 

 



SEXTA-FEIRA, 21 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 10:55

Será que esse aço é mesmo inoxidável?

Compartilhe:

 

blog03Há vários pontos de ferrugem na Aperam South America, fabricante de aço inoxidável controlada pela Arcelor- Mittal. Pelo segundo ano seguido, o volume de vendas no Brasil deve cair algo em torno de 10%. Isso mesmo após a empresa ter cortado as margens no osso. A conta dos maus resultados tem estourado onde sempre estoura: nos últimos três anos, a Aperam fez mais de 400 demissões.

 

 



SEXTA-FEIRA, 21 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 09:59

Natura perde a beleza no exterior

Compartilhe:

blog02Há apenas dois meses no comando da Natura, Roberto Lima está particularmente perplexo com a fraca performance da empresa na Argentina e na Bolívia. A ponto de pensar se vale a pena seguir nos dois países.

 

 



SEXTA-FEIRA, 21 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 09:07

Corretores independentes se rebelam contra a BM&F Bovespa

Compartilhe:



 

chamada 01Um grupo de corretores independentes do mercado de capitais estaria articulando uma série de manifestações contra o presidente da BM&F Bovespa, Edemir Pinto (foto). Na semana passada, uma tropa de agentes autônomos entrou na Justiça contra a empresa, com a alegação de que ela tem se negado a conceder selos de qualidade a estes profissionais.

 

 



QUINTA-FEIRA, 20 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 17:08

Brasil entre os “dez menos” da Xerox

Compartilhe:

 

bloflorfA Xerox do Brasil está prestes a ganhar um diploma que certamente o presidente da empresa, Ricardo Karbage, não vai querer pendurar na parede de seu escritório. A subsidiária deverá figurar entre os dez piores resultados do grupo em 2014, contando-se os mais de 200 países em que os norte-americanos atuam. É ou não é para matar de vergonha? Consultada sobre o número, a Xerox disse que não divulga resultados regionais.



QUINTA-FEIRA, 20 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 15:42

Genéricos chegam a 30% das vendas de medicamentos no Brasil

Compartilhe:

bloghgfyuwgyugweUm pitaco setorial que só confirma a força dos fabricantes de genéricos: neste ano, os medicamentos sem patente vão romper a barreira de 30% das vendas totais de remédios do país.

 

 



QUINTA-FEIRA, 20 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 14:50

Quem manda mais no JP Morgan Brasil?

Compartilhe:

blogdgdtdgOpções para a pergunta acima: o nº 1 do banco no país, José Berenguer, ou o norte-americano Martin Marron, em tese a última palavra do grupo para toda a América Latina? A julgar pelas brigas que Berenguer vem comprando, não há dúvidas em relação à resposta.

 

 

 

 



QUINTA-FEIRA, 20 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 13:25

Viação Cometa economiza o pneu

Compartilhe:

 

blogtttttttttttttttttttttttttO Grupo JCA, dono da Viação Cometa, deverá enxugar o número de viagens na ponte rodoviária Rio-São Paulo a partir de 2015. O binômio aumento das despesas operacionais e queda dos bilhetes vendidos jogou a rentabilidade da operação no acostamento. Procurada, a JCA não quis comentar a informação.

 

 



QUINTA-FEIRA, 20 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 12:44

Tradimento

Compartilhe:

bloghfhuiwfwHá quase 20 anos na Telecom Italia, o diretor de assuntos regulatórios da TIM Brasil, Mario Girasole, sempre manteve uma fidelidade siderúrgica aos italianos. Mas teme que a recíproca já não seja tão verdadeira. A ver.

 

 



QUINTA-FEIRA, 20 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 11:38

Serviços prestados

Compartilhe:

 

blog5555555555555555555Tarso Genro (foto) está tentando arrumar uma cadeira em Brasília para o presidente do Banrisul, Tulio Luiz Zamin. O executivo é useiro e vezeiro nas administrações do PT no estado. Também dirigiu o Banrisul na gestão de Olívio Dutra.

 

 



QUINTA-FEIRA, 20 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 10:33

Muy amigo

Compartilhe:

 

blog2003Na última terça-feira, às 14h20, numa mesa do restaurante Giuseppe Grill, no Centro do Rio, o ex-diretor de sustentabilidade da EBX, Paulo Monteiro, dava gargalhadas em alto e bom som. O assunto da animada conversa com outros três executivos era um só: Eike Batista (foto) e o recém-lançado livro "Tudo ou Nada", da jornalista Malu Gaspar. Praticamente no mesmo horário tinha início o julgamento de Eike.

 

 



QUINTA-FEIRA, 20 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 08:49

Construtora sueca deixa o Brasil por causa do “petróleo” II

Compartilhe:

blog2001Com faturamento anual de US$ 20 bilhões, a Skanska é a responsável ainda por um projeto emblemático: a reconstrução das torres gêmeas de Nova York. A empresa desembarcou no Brasil com foco no setor de petróleo e gás e, mais especificamente, na Petrobras. Participou da construção da Termelétrica da Baixada, usina localizada em Seropédica (RJ) e controlada pela estatal. A curta biografia dos nórdicos no país inclui ainda a tentativa de participar da implantação da usina nuclear de Angra 3. No entanto, a Skanska acabou inabilitada na concorrência.

 

 

 

 



QUINTA-FEIRA, 20 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 08:05

Construtora sueca deixa o Brasil por causa do “petróleo” I

Compartilhe:

 

chamada 01A Skanska, maior construtora dos países nórdicos, vazou ontem em Nova York junto a bancas de advocacia contratadas para o acompanhamento do escândalo do "petrolão" que vai encerrar suas operações no Brasil. A decisão está associada às denúncias contra a Petrobras. A informação causou grande aflição nas áreas financeira e de consultoria nos Estados Unidos. O temor é que a empresa sueca esteja puxando a fila de uma debandada em bloco. O RR procurou insistentemente a Skanska, que não se pronunciou. A Petrobras também não se manifestou sobre o assunto. A decisão da Skanska significaria a abrupta suspensão das obras de construção de uma Unidade de Destilação Atmosférica e à Vácuo dentro do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), prevista para ser concluída em 2016. A Skanska detém 40% do consórcio responsável pelo projeto - o restante pertence a um pool de empresas nacionais. O empreendimento - que prevê o processamento diário de 150 mil barris de petróleo - está orçado em R$ 1,1 bilhão.

 

 

 



QUARTA-FEIRA, 19 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 17:39

Peças a menos na ZF

Compartilhe:

gwgfyurweMá notícia 1: nos últimos dois anos, a fabricante de autopeças alemã ZF fechou quase 700 postos de trabalho no Brasil. Má notícia 2: a direção da companhia entende que ainda há muita gordura por cortar na fábrica de Sorocaba (SP), a maior de suas plantas no país.

 

 



QUARTA-FEIRA, 19 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 16:44

Queiroz Galvão quer o controle da Águas do Brasil

Compartilhe:

 

chamada 02Mudanças à vista na maior companhia privada de saneamento do país. A Queiroz Galvão, detentora de 24% do capital da Águas do Brasil, tem interesse em assumir sozinha o controle da empresa. A operação se consumaria com a compra das participações do quarteto Developer, Carioca Engenharia, Acquapar e Cowan. Oficialmente, a Águas do Brasil nega qualquer alteração no controle. Em tempo: pensando bem, será mesmo que é momento para a Queiroz Galvão fazer marola?

 

 



QUARTA-FEIRA, 19 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 15:13

Nike in Rio

Compartilhe:

UIFGUIGFUIEGFAtenção, proprietários de lojas no Centro do Rio de Janeiro. A Nike procura um local para abrir uma megastore na região.

 



QUARTA-FEIRA, 19 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 14:00

Arrependimento tardio

Compartilhe:

blfqwdtfwMarcelo Almeida (foto), um dos donos da CR Almeida, confidenciou a amigos que se arrepende amargamente de ter seguido a cartilha política de Roberto Requião. Almeida trocou uma reeleição praticamente garantida para deputado federal por uma votação pífia para o Senado. E ainda comprou briga com o governador reeleito do Paraná, Beto Richa. Ruim para o empresário e péssimo para a CR Almeida.

 

 



QUARTA-FEIRA, 19 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 12:56

Quinta Avenida

Compartilhe:

 

ufguyeqgfyueInaugurada no início do ano, a loja da Apple do Rio de Janeiro já é uma das campeãs mundiais de vendas da companhia. Os norte-americanos não veem a hora de abrir a unidade de São Paulo.

 

 

 

 



QUARTA-FEIRA, 19 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 11:35

O data center da TCS

Compartilhe:

gwyufgwagfuywaA indiana TCS, um dos blockbuster da área de TI, planeja instalar um data center no Brasil.

 



QUARTA-FEIRA, 19 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 10:52

Norte-americanos negociam compra do Tegram II

Compartilhe:

BOLOG7874489

As negociações entre a CHS e a NovaAgri foram deflagradas há cerca de quatro meses. No entanto, segundo fontes ligadas aos norte-americanos, as conversas já estiveram em um estágio mais avançado. O retrocesso se deve a um fato novo que surgiu nesse intervalo: em agosto, o Pátria Investimentos anunciou a decisão de vender o controle da NovaAgri -negócio que pode chegar a US$ 1 bilhão. Nesse cenário, só mesmo uma oferta recheada de zeros será capaz de convencer o Pátria a se desfazer separadamente de um dos ativos da sua empresa de logística justo no momento em que ela foi colocada na vitrine. Os norte-americanos têm todas as razões para apresentar essa proposta arrasa- quarteirão. O Tegram é uma peça fundamental na estratégia do grupo de montar uma grande estrutura logística própria no Brasil. O terminal permitirá à CHS escoar sua produção de soja nas regiões Centro-Oeste e Norte. Até 2019, quando todas as instalações estiverem concluídas, o Tegram terá capacidade para movimentar cerca de dez milhões de toneladas por ano. Procuradas pelo RR, NovaAgri e CHS não quiseram comentar o assunto.

 

 



QUARTA-FEIRA, 19 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 10:07

Norte-americanos negociam compra do Tegram I

Compartilhe:

blog022A norte-americana CHS, que já tem negócios no mercado agrícola brasileiro, quer se tornar também um player de peso na área de logística portuária. O grupo está entabulando uma série de movimentos com o objetivo de assumir o controle do Terminal de Grãos do Maranhão (Tegram), localizado no Porto de Itaqui. O primeiro degrau a ser escalado é a TCN, consórcio criado para o leilão de concessão do terminal. Donos de 25% da holding, os norte-americanos negociam a compra do restante das ações, em poder da NovaAgri, leia-se Pátria Investimentos. Ao ficar com 100% da TCN, a CHS passará a ter automaticamente um quarto do capital do Tegram. O passo seguinte seria o avanço dos norte-americanos sobre a participação de outros sócios do terminal, notadamente Glencore e Louis Dreyfus, que já manifestaram a disposição de deixar o negócio. A compra das ações em poder das duas tradings de commodities agrícolas daria à CHS a posição de acionista majoritário do Tegram.


 


 




QUARTA-FEIRA, 19 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 08:51

Sucessão mineira prevê gestão de transição nas estatais

Compartilhe:

 

chamada 01Tido por muitos como o mais tucano dos petistas, Fernando Pimentel está no maior clima de "paz e amor" com o governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho, originalmente vice de Antonio Anastasia. Bastaram duas conversas para ambos acertarem a agenda de transição, que prevê a criação de grupos de trabalho, inclusive na gestão das estatais.

 

 

 

 



TERÇA-FEIRA, 18 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 17:33

Einstein é São Paulo

Compartilhe:

 

gsyadtyfYTDO Albert Einstein tem sido procurado por fundos de investimento dispostos a se associar ao grupo para a abertura de unidades em outros estados – projeto formalmente negado pelo hospital. Por ora, o Einstein parece mais preocupado em tocar outros dois investimentos: a construção de uma faculdade de medicina e a reativação do hospital público Santa Marina, localizado em São Paulo.

 

 



TERÇA-FEIRA, 18 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 16:59

Mitsui e Dow reembalam seu “plástico verde” II

Compartilhe:

blog5414456Nas últimas semanas, os planos da Dow e da Mitsui ganharam um importante impulso. O projeto original prevê a construção de uma térmica movida a biomassa, com capacidade instalada de 46 MW, o que garantirá a autossuficiência energética das duas plantas. A Energias do Brasil (ERB), leia-se a portuguesa EDP, sinalizou o interesse de financiar a instalação da usina e assumir o controle e a operação do empreendimento. Dow e Mitsui chegaram a iniciar a construção do complexo, mas as obras foram interrompidas no início deste ano, em razão da queda dos preços do etanol e das incertezas que cercam o setor. Desde então, norte-americanos e japoneses estão debruçados sobre o projeto cortando tudo que é gordura no orçamento.

 



TERÇA-FEIRA, 18 NOVEMBRO DE 2014

Finanças | 16:16

Mitsui e Dow reembalam seu “plástico verde” I

Compartilhe:

 

chamada 02À medida que 2014 vai chegando ao fim, cresce a expectativa entre os executivos da Dow Chemical e da Mitsui no Brasil. Sócios em uma joint venture, os dois grupos devem definir no início do ano que vem o destino de um dos maiores projetos do setor sucroalcooleiro no país. Trata-se da construção de um complexo industrial na cidade de Santa Vitória (MG). A empreitada envolve a construção de uma usina de açúcar e álcool, com capacidade de moagem de 2,5 milhões de toneladas por safra, e de uma fábrica de biopolímeros a base de cana-de-açúcar – produto popularmente chamado de "plástico verde". O que está em jogo é um investimento da ordem de US$ 1,5 bilhão.