SEXTA-FEIRA, 22 MAIO DE 2015

Finanças | 13:00

Desintegração nacional

Compartilhe:

Gilberto OcchiO PMDB está chacoalhando a árvore no Ministério da Integração Nacional para derrubar Gilberto Occhi(foto), indicado pelo PP. Mesmo com o ajuste fiscal, a Pasta ainda carrega um orçamento nada desprezível, da ordem de R$ 6 bilhões.

Banner211

 



SEXTA-FEIRA, 22 MAIO DE 2015

Finanças | 12:10

“Kraftzinha”

Compartilhe:

jplOs golden boys de Jorge Paulo Lemann(foto) terão o enorme desafio de alavancar as operações da Kraft Foods no Brasil. No momento, a subsidiária responde por apenas um mísero por cento do faturamento mundial do grupo.

Banner211



SEXTA-FEIRA, 22 MAIO DE 2015

Finanças | 10:42

Cemig deve ter o menor investimento em uma década IV

Compartilhe:

cemigRessalte-se que os cortes de investimento se dão em um momento bastante delicado para a Cemig. Se, de um lado, a empresa prepara- se para a complexa renovação da sua licença em distribuição, do outro terá sua capacidade de geração consideravelmente reduzida nos próximos meses. Até dezembro, a companhia terá de devolver a concessão de 21 hidrelétricas.

Banner211



SEXTA-FEIRA, 22 MAIO DE 2015

Finanças | 10:33

Cemig deve ter o menor investimento em uma década III

Compartilhe:

cemigOs sócios da Cemig também terão a sua cota de sacrifício, a começar pelo próprio governo do estado. Assim que chegou à Cemig, no início do ano, Mauro Borges afirmou que a empresa manteria a média histórica de distribuir 50% do lucro. No entanto, a promessa de Borges não resistiu aos fatos. Bastaram cinco meses para o cenário econômico se agravar, levando a empresa a rever sua política de dividendos. A remuneração aos acionistas ficou próxima dos 25% o mínimo fixado para as empresas do nível 1 do Novo Mercado, caso da estatal mineira.

Banner211

 



SEXTA-FEIRA, 22 MAIO DE 2015

Finanças | 10:15

Cemig deve ter o menor investimento em uma década II

Compartilhe:

cemigA princípio, apenas a unidade de distribuição escapará ilesa: o desembolso de R$ 1 bilhão está mantido. Às vésperas da renovação da concessão, que vence em fevereiro de 2016, o corte dos valores representaria um curto circuito do ponto de vista político. A área de geração não terá a mesma sorte. A navalhada será de quase 80%. Além da venda da Brasil PCH, dona de 13 pequenas centrais, a Cemig vai se desfazer de outros ativos no segmento, notadamente usinas hidrelétricas e térmicas. Ressalte-se que a estatal acaba de pagar cerca de R$ 360 milhões para ficar com o controle da Renova, focada em energia eólica. Na unidade de transmissão, mais uma tesourada: a empresa está vendendo participações em negócios tanto no Brasil quanto no Chile.

Banner211

 



SEXTA-FEIRA, 22 MAIO DE 2015

Finanças | 10:00

Cemig deve ter o menor investimento em uma década I

Compartilhe:

Mauro BorgesO ajuste fiscal chegou com toda a força na Cemig. O presidente da companhia, Mauro Borges(foto), está debruçado sobre um rigoroso plano de cortes, que atingirá não apenas as despesas operacionais, mas, sobretudo, o programa de investimentos e a política de dividendos da estatal. Os números deverão ser fechados nas próximas duas semanas. Mas, segundo informações filtradas junto à própria Cemig, a redução dos aportes poderá chegar a 60% das cifras originalmente previstas. Significa dizer que os investimentos para este ano cairão de R$ 5 bilhões para algo em torno de R$ 2 bilhões. Trata-se da menor soma em quase uma década.

Banner211

 



QUINTA-FEIRA, 21 MAIO DE 2015

Finanças | 17:00

Essa base aliada...

Compartilhe:

Helder BarbalhoA presença do herdeiro político Helder Barbalho(foto) na Esplanada dos Ministérios não tem impedido o senador Jader Barbalho de soltar cobras e lagartos em direção ao governo. O motivo é a estiagem na Sudam. A agência, uma espécie de sesmaria de Jader, fechou as torneiras para a concessão de financiamentos.

Banner211

 



QUINTA-FEIRA, 21 MAIO DE 2015

Finanças | 15:20

Votorantim Cimentos fecha fábrica para cortar custos

Compartilhe:

cimentoO Votorantim deverá fechar sua fábrica de cimento em Rondônia. A produção na Região Norte ficaria concentrada nas duas unidades do Pará, nas cidades de Barcarena e Primavera. A medida, ressalte-se, não estaria relacionada à sanção imposta pelo Cade no processo por formação de cartel. É corte de custo mesmo. Oficialmente, a Votorantim nega o fechamento da unidade.

Banner211

 



QUINTA-FEIRA, 21 MAIO DE 2015

Finanças | 14:02

Buraco na pista

Compartilhe:

arterisVai ser difícil para a Arteris fechar suas contas no Brasil em 2015. Os espanhóis terão obrigatoriamente de desembolsar quase R$ 9 bilhões em suas concessões rodoviárias. Isso no ano em que o grupo prevê uma perda de receita entre 5% e 10% e uma queda de lucro de até 20%. Procurada pelo RR, a empresa não se pronunciou.

Banner211

 



QUINTA-FEIRA, 21 MAIO DE 2015

Finanças | 13:01

Alcateia

Compartilhe:

eO ministro Eduardo Braga(foto) espera que as recentes denúncias feitas pelo empresário Ricardo Pessoa apaguem o facho de Edison Lobão. Seu antecessor parece não ter deixado o cargo, tantas são suas tentativas de interferência na área de Minas e Energia. Até porque ainda há muitos "lobinhos" no Ministério.

Banner211

 



QUINTA-FEIRA, 21 MAIO DE 2015

Finanças | 11:30

Réquiem para o herói da Avenida Chile III

Compartilhe:

bndesss

Qualquer empresa que tomar recursos no BNDES terá de informar detalhes sobre o seu projeto. A concorrência que se locuplete. Se vivos estivessem, Ignácio Rangel, Roberto Campos, José Luiz Bulhões Pedreira, Marcos Vianna, Arthur Candal, Rômulo Almeida e outros tantos maestros da supliciante agência diriam perplexos: é mais difícil de entender, mais complicada de aceitar. "A verdade é um estranho que não nos olha nos olhos".

Banner211

 



QUINTA-FEIRA, 21 MAIO DE 2015

Finanças | 11:15

Réquiem para o herói da Avenida Chile II

Compartilhe:

bnHá diversas formas de matar uma agência de renome internacional: asfixia financeira; legiferação predatória; e o insuperável estupro moral. O BNDES sofre das três. Terá seu orçamento drasticamente cortado, afinal serviu de agente da União para injetar dinheiro na veia da economia fragilizada; purgará os financiamentos a grandes empresas – um contraditório, pois a estigmatizada JBS, o mais emblemático "cavalo vencedor", apresentou um espetacular resultado de R$ 1,4 bilhão no primeiro trimestre; se transformará em uma agência recalcada de suporte do mercado de capitais e, finalmente, será o único banco do país a abrir compulsoriamente suas vísceras para Deus e o diabo. No que depender dos liberais de má cepa, o BNDES, ao contrário do BB, da CEF, do Basa e do BNB, estará em breve publicando detalhes dos contratos de financiamentos. É difícil de acreditar e complicado de aceitar. A prioridade à capacidade de competição da empresa nacional, assim como a constitucionalidade do sigilo bancário, vão escorrer como água suja.

Banner211

 



QUINTA-FEIRA, 21 MAIO DE 2015

Finanças | 11:00

Réquiem para o herói da Avenida Chile I

Compartilhe:

bndes

"A verdade é um estranho que não nos olha nos olhos. É mais difícil de entender, mais complicada de se aceitar. Mais difícil de acreditar, e mais ainda de se dizer." A tirada filosófica é da pouco divulgada Jéssica F., "pensadora" do segundo time para muitos. Pois saiba que os dizeres rasos bem poderiam dar a medida do calvário do BNDES. Sim, é difícil de dizer e mais complicado de se aceitar. O banco sofre, solitário, o maior atentado à sua integridade desde o nascedouro. E os empresários, a quem cabe o seu usufruto, são os estranhos que não lhe olham nos olhos. A burguesia - aquela que o bardo Cazuza dizia "feder" -, inebriada pela tentação de afogar o capitalismo de Estado, quer apagar da memória coletiva o banco do fomento, do desenvolvimento da indústria de base, da inserção competitiva internacional, do "S" do social, da privatização, da criação da empresa brasileira de porte global e do financiamento às concessões de obras públicas. Restaria a lembrança ingrata do BNDES representante do populismo da era Vargas, da megalomania do regime militar, da corrupção da venda das estatais, da suspeita transferência de renda para a iniciativa privada e, agora, do repasse das pedaladas do Tesouro. Sim, a burguesia nacional prefere se despir das vantagens concorrenciais em troca da morte da sua ama de leite.

Banner211

 



QUINTA-FEIRA, 21 MAIO DE 2015

Finanças | 10:00

PayPal quer comprar ativos no Brasil

Compartilhe:

paypalMaior empresa de pagamentos digitais do mundo, a PayPal promete abrir o cofre para comprar ativos no Brasil. Os norte-americanos querem dobrar o faturamento em dois anos - hoje, sua receita no país gira em torno de R$ 1 bilhão.

Banner211

 



QUARTA-FEIRA, 20 MAIO DE 2015

Finanças | 17:25

Fundo abutre sobrevoa o etanol brasileiro

Compartilhe:

nmlA NML Capital, um dos fundos-abutre que transformaram a Argentina em carniça e colocaram o país em default, está sobrevoando os canaviais brasileiros. Na linha do "quanto pior melhor", os norte-americanos miram em usinas de álcool e açúcar em recuperação judicial.

Banner211

 



QUARTA-FEIRA, 20 MAIO DE 2015

Finanças | 15:50

Avon perde mercado no Brasil

Compartilhe:

avonHá cada vez menos beleza nos números da Avon no Brasil. O market share da empresa no segmento de cosméticos e higiene pessoal bateu nos 6%, um terço da participação que os norte-americanos ostentavam há dois anos. A queda reflete a crescente dificuldade do setor de vendas diretas em duelar com concorrentes munidos de uma grande operação no varejo. Mesmo porque o próprio contingente de vendedoras da Avon, historicamente um orgulho da casa, também diminui ano após ano. Hoje, haveria cerca de 1,4 milhão de "Avonetes" efetivamente trabalhando para a companhia - 10% a menos do que no início de 2014. Consultada, a Avon garantiu que o número de distribuidoras segue acima de 1,5 milhão. Com relação à sua performance, a companhia disse que não comenta participação de mercado.

Banner211

 



QUARTA-FEIRA, 20 MAIO DE 2015

Finanças | 14:40

Qatar Holdings rumo a Guarulhos

Compartilhe:

qatar holdingsA Qatar Holdings está disposta a comprar parte das ações da Invepar na GRU Aiport, consórcio responsável pela gestão do Aeroporto de Guarulhos. Segundo o RR apurou, há cerca de 10 dias um representante do fundo teria se reunido com o presidente da Previ, Gueitiro Matsuo Genso. De repente, os árabes aproveitam a viagem para pousar no capital da própria Invepar, no lugar da sainte OAS.

Banner211

 



QUARTA-FEIRA, 20 MAIO DE 2015

Finanças | 13:30

Cemig quer térmica em Juiz de Fora

Compartilhe:

termeletrica mgA Cemig já teria manifestado à Petrobras o interesse em comprar a termelétrica da estatal em Juiz de Fora (MG).

Banner211

 



QUARTA-FEIRA, 20 MAIO DE 2015

Finanças | 12:20

Volta olímpica

Compartilhe:

Miriam BelchiorA antessala de Miriam Belchior(foto) não é guarda-volumes, mas está cheia de cartolas. Dirigentes do Coritiba, Atlético- PR, Sport e Vitória, entre outros, têm feito uma romaria ao seu gabinete em busca da garantia de que a Caixa Econômica renovará os respectivos acordos de patrocínio. O banco já anunciou a continuidade da parceria com o Vasco, Flamengo e Corinthians.

Banner211

 



QUARTA-FEIRA, 20 MAIO DE 2015

Finanças | 10:30

Blue Tree fica presa na porta giratória da CVM III

Compartilhe:

blue treeDo início de 2014 até março deste ano, a CVM dispensou da obrigatoriedade de registro oito projetos no regime de "condo-hotel". Em função da jurisprudência estabelecida, o colegiado da CVM aprovou a Deliberação 734, de 17 de março, transferindo à SER o poder de arbitrar quais empreendimentos podem ou não ser dispensados da exigência. Desde então, dez projetos foram liberados. A cancela da CVM só baixou quando a ; quis passar. A decisão do colegiado de dar à SER autonomia sobre a questão reduz as chances de que um recurso do grupo hoteleiro à mais alta instância da autarquia seja bem-sucedido.

Banner211

 



QUARTA-FEIRA, 20 MAIO DE 2015

Finanças | 10:15

Blue Tree fica presa na porta giratória da CVM II

Compartilhe:

cvmCom a decisão da CVM, o cronograma do empreendimento está sob risco. Obrigado a cumprir os ritos para a oferta pública do fundo, dificilmente a Blue Tree conseguirá inaugurar o hotel até dezembro de 2016, como estava originalmente previsto – o grupo garante que os prazos estão mantidos. Além disso, a exigência da CVM traz a reboque custos que não estavam no script.

Banner211

 



QUARTA-FEIRA, 20 MAIO DE 2015

Finanças | 10:00

Blue Tree fica presa na porta giratória da CVM I

Compartilhe:

Chieko AokiA empresária Chieko Aoki(foto) sofreu um inesperado golpe desferido pela CVM. A Superintendência de Registros Imobiliários (SER) da autarquia indeferiu o pedido feito pela Blue Tree de dispensa do registro de oferta pública para a venda de cotas do Blue Tree Valinhos, em São Paulo. A decisão lança uma série de interrogações sobre um dos principais projetos do grupo hoteleiro. O empreendimento, com 126 quartos, será construído sob o regime de "condo-hotel". Por este modelo, o investidor compra cotas correspondentes a um ou mais apartamentos e recebe uma remuneração anual em cima dos resultados da operação hoteleira. Até o momento, a CVM já liberou outros 18 fundos semelhantes da obrigatoriedade do registro de oferta pública. O projeto da Blue Tree foi o primeiro a cair na malha fina da autarquia. Procurada pelo RR, a CVM confirmou que o pedido do grupo foi indeferido "por não terem sido cumpridos determinados requisitos da Deliberação CVM nº 734." A Blue Tree, por sua vez, informou que "a condução deste processo junto à CVM está a cargo dos incorporadores".

Banner211

 



TERÇA-FEIRA, 19 MAIO DE 2015

Finanças | 17:20

Areva aposta em bioenergia

Compartilhe:

arevaA Areva, cuja atuação no Brasil está praticamente restrita à área nuclear, pretende ampliar seu repertório. Os franceses negociam uma parceria com a Mitsubishi para a construção de térmicas a biomassa. Os projetos sobre a mesa apontam para a produção de 500 MW em até dois anos. Oficialmente, a Areva nega a associação.

Banner211

 



TERÇA-FEIRA, 19 MAIO DE 2015

Finanças | 16:20

Atrasos de pagamentos das Forças Armadas afetam Embraer

Compartilhe:

embraerA área de defesa e segurança virou o patinho feio da Embraer. Por conta da queda do número de encomendas e de atrasos de pagamento por parte das Forças Armadas, o faturamento da subsidiária poderá cair até 60% neste ano. Oficialmente, a Embraer confirma a queda, mas garante que suas projeções indicam um recuo da receita de US$ 1,4 bilhão para US$ 1,1 bilhão, ou seja, 20%.

Banner211

 



TERÇA-FEIRA, 19 MAIO DE 2015

Finanças | 15:30

Ometto quer uma beirada nos campos da Shell

Compartilhe:

Rubens OmettoRubens Ometto(foto) tenta pegar carona na compra dos ativos da BG pela Shell para ressuscitar um antigo projeto: a atuação conjunta da Cosan e dos anglo-holandeses em exploração e produção no Brasil. A dobradinha chegou a fazer parte dos planos originais da Raízen, joint venture entre as duas empresas, mas acabou ficando pelo caminho. No que depender da Shell, é por lá que ficará.

Banner211

 



TERÇA-FEIRA, 19 MAIO DE 2015

Finanças | 14:12

Petrobras deixa a Cegás

Compartilhe:

cegasAs mudanças no capital da Cegás não param. Depois da saída do Grupo Vicunha, que negociou sua participação de 33% para a Mitsui, agora é a Petrobras que está prestes a deixar o capital da distribuidora cearense. A própria trading japonesa é a mais forte candidata ao negócio. A Petrobras não quis se manifestar sobre o assunto.

Banner211

 



TERÇA-FEIRA, 19 MAIO DE 2015

Finanças | 13:00

As dicas do HSBC

Compartilhe:

Paulo RochaO senador Paulo Rocha(foto), presidente da CPI do HSBC, até entende que o nº 1 do grupo no Brasil, André Brandão, não tem muito a dizer sobre os procedimentos do grupo lá fora. Mas está convicto de que Brandão pode e deve falar sobre a suposta prática do HSBC de orientar os clientes mais bem afortunados a abrir contas na Suíça, segundo informações colhidas pela CPI. Procurado pelo RR, o HSBC não quis se pronunciar.

Banner211

 



TERÇA-FEIRA, 19 MAIO DE 2015

Finanças | 12:00

Presente de grego

Compartilhe:

citiAs "celebrações" pelos 100 anos do Citi no Brasil devem incluir o fechamento de toda a área de leasing. Formalmente, o banco nega o encerramento da operação.

Banner211

 



TERÇA-FEIRA, 19 MAIO DE 2015

Finanças | 10:30

Intervenção no Postalis começa a ganhar corpo na Previc III

Compartilhe:

correiodDesde 2012, a Previc aplicou 12 autos de infração contra gestores do Postalis, informação confirmada pela própria autarquia. Um destes autos, inclusive, já foi julgado pela Câmara de Recursos da Previdência Complementar, que manteve a punição. Consultada acerca da possibilidade de intervenção no fundo dos Correios, a Previc não se pronunciou especificamente sobre esta questão. Mas declarou que “a eventual quebra do dever fiduciário será sempre tratada com o rigor que a lei impõe”. Para bom entendedor... O Postalis, por sua vez, disse "desconhecer" a possibilidade de intervenção. A fundação confirmou, no entanto, que já recebeu os relatórios de fiscalização da Previc e que os documentos “ainda estão em análise para posterior resposta, cujo prazo é de 30 dias a contar da data de 24 de abril?. Ao que parece, o Postalis tem mesmo muito que explicar.

Banner211

 



TERÇA-FEIRA, 19 MAIO DE 2015

Finanças | 10:17

Intervenção no Postalis começa a ganhar corpo na Previc II

Compartilhe:

previcOs relatórios elaborados pela Previc esmiúçam uma série de investimentos lesivos aos beneficiários do Postalis. A folha corrida é extensa. Está para nascer um fundo de pensão que tenha um olfato tão aguçado para farejar instituições financeiras putrefatas. A fundação aplicou recursos em títulos do Banco Santos, do BVA e do Cruzeiro do Sul, todos liquidados pelo Banco Central. Em sua carteira havia também um expressivo volume de papéis da dívida da Argentina e da Venezuela e do Grupo X - ao menos nesse caso, os dirigentes do Postalis podem dizer que erraram eles e o mundo.

Banner211